top of page

UEL 2019

Q. 059

-

Enviar

Errou

Acertou

Ainda não fez

Gabarito

Avisos

O gabarito dessa questão ainda não foi cadastrado em nosso banco de dados.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Essa questão ainda não possui resolução comentada.

pdf_001.png
Leia o texto a seguir.
No Brasil, o sistema de voto proporcional funciona assim: aplicam-se os chamados quocientes eleitoral e partidário. O quociente eleitoral é definido pela soma do número de votos válidos (V) – que são os votos de legenda e os votos nominais, excluindo-se os brancos e os nulos – dividida pelo número de cadeiras em disputa (C).
A partir daí, calcula-se o quociente partidário, que é o resultado do número de votos válidos obtidos pelo partido isolado ou pela coligação, dividido pelo quociente eleitoral. O quociente partidário é um número fundamental, pois ele indica quantas cadeiras poderão ser ocupadas pelos candidatos aptos do respectivo partido ou coligação.
\begin{footnotesize}
Adaptado de Revista Eletrônica da Escola Judiciária Eleitoral. Número 5. Ano 3.
\end{footnotesize}
Considere que a eleição para vereador em Amado Florêncio funciona como descrito anteriormente. Suponha que existam 12 cadeiras em disputa e que nesta eleição para vereador a soma do número dos votos válidos seja de 3996. A coligação ``Por uma Nova Amado Florêncio'' obteve 333 votos válidos. Já a coligação ``Amado Florêncio Renovada'' obteve 666 votos válidos.
Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, o quociente partidário dessas coligações: ``Por uma Nova Florêncio'' e ``Amado Florêncio Renovada''.
\begin{multicols}{3}
\begin{enumerate}[label={\alph*})]
\item 1 e 2
\item 2 e 3
\item 2 e 4
\item 3 e 6
\item 4 e 8
\end{enumerate}
\end{multicols}
bottom of page