top of page
Buscar Questão

Digite um trecho da questão com 3 até 10 palavras. Evite equações ou fórmulas. Clique em 'Buscar Questão'.

Específica Title

Específica Title

Específica Title

Vestibular

Questão

Nível

Enviar

Errou

Acertou

Ainda não fez

Gabarito

Avisos

O gabarito dessa questão ainda não foi cadastrado em nosso banco de dados.
Desculpe-nos pelo transtorno.

Essa questão ainda não possui resolução comentada.

pdf_001.png
Ondas estacionárias podem ser produzidas de diferentes formas, dentre elas esticando-se uma corda homogênea, fixa em dois pontos separados por uma distância L, e pondo-a a vibrar. A extremidade à direita é acoplada a um gerador de frequências, enquanto a outra extremidade está sujeita a uma força tensional produzida ao se pendurar à corda um objeto de massa m_0 mantido em repouso. O arranjo experimental é ilustrado na figura. Ajustando a frequência do gerador para f_1 obtém-se na corda uma onda estacionária que vibra em seu primeiro harmônico.
\begin{center}
\end{center}
Ao trocarmos o objeto pendurado por outro de massa M, observa-se que a frequência do gerador para que a corda continue a vibrar no primeiro harmônico deve ser ajustada para 2f_1 . Com isso, é correto concluir que a razão M/m_0 deve ser:
\begin{enumerate}[label=({\Alph*})]
\item 1/4
\item 1/2
\item 1
\item 2
\item 4
\end{enumerate}
\begin{center}
\begin{tcolorbox}[hbox]
Note e adote:
A velocidade da onda propagando-se em uma corda é diretamente proporcional à raiz quadrada da tensão sob a qual a corda está submetida.
\end{tcolorbox}
\end{center}
stripBackgroudGeral.png

Avisos importantes...

bottom of page