Ah! Se eu tivesse o valor de...

Atualizado: 1 de Set de 2020

Está aí uma das "lamentações" mais importantes que um estudante pode ter enquanto tenta resolver uma questão de matemática, física ou química. A "queixa" que pode ser o grande diferencial entre resolver uma questão mais complicada ou não resolvê-la.


Você olhou para os dados fornecidos pelo enunciado, os separou e organizou. Tudo como manda o figurino. Olhou para o que foi pedido pela questão, o sonhado objetivo final onde quer chegar, e parece haver um vácuo, um abismo entre um e outro.





Você olha de novo para o que a questão pede e lembra que tem uma determinada fórmula que lhe daria a resposta, mas então pensa: "Ah! Se eu tivesse o valor de...". Porque esse valor se encaixaria perfeito nessa fórmula e lhe daria a resposta, mas a questão não lhe forneceu esse dado. "Que chato!". "Questão difícil!".


Talvez você não tenha percebido, mas seu cérebro, com esse "lamento", lhe deu a chave para sair dessa "enrascada". Ele lhe deu a dica para você construir a ponte que cruza o abismo. Ele lhe disse: "Você não tem o valor de... Vá atrás dele então!".


Seguindo essas pistas, há grande chance de você conseguir chegar à solução da questão. Pois, talvez sem notar, você acabou de dividir um problema grande em dois pequenos. Agora você primeiro acha esse valor que "falta" usando o que a questão lhe deu e, em seguida, encontra o valor que você queria para solucionar a questão.


Por exemplo, nessa questão abaixo você pode pensar: "Ah se eu tivesse o valor da potência realmente usada para aquecer o sistema... Eu teria como calcular a porcentagem pedida". Então você vai atrás da potência útil e aí você nota que precisaria da energia realmente usada para poder calcular essa potência e aí você pensa: "então vou atrás da energia..." e nota que tem todos os dados para calculá-la. Então você calcula a energia, depois a potência e, por fim, a porcentagem.



Moral da história: quando estiver se lamentando que a questão está "faltando dado", foca em descobrir se não consegue determinar esse dado que falta com aqueles que a questão lhe deu inicialmente.


Bons estudos!

Professor Caju.



28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo